Entrevista BomberJack

Entrevistamos o homem que foi director da revista HipHop Nation Portugal responsável pela loja SóHipHop e pela editora Footmovin' sendo um dos djs pioneiros em Portugal na edição de mixtapes, estamos a falar de Tiago Ribeiro aka DJ Guilhotina sendo ainda mais conhecido por BomberJack.

 

 



Começaste com mixtapes, para quando a volta?
Eu comecei a fazer mixtapes para mim e para os meus amigos por volta de 1994, em Dezembro do mesmo ano lancei a minha primeira mixtape "Underground Music Scene".

Achas que muita coisa mudou deste o tempo das mixtapes em k7?
Sim muito, estamos numa nova era.. e continua a mudar.
Temos que acompanhar e adaptar-nos as novas realidades.

Para quando uma nova conexão com Espanha, Franca ou mesmo outro pais?
Não te consigo responder a esta questão, não sei.

São raras mas sempre memoráveis as tuas actuações como DJ, porque?
Basicamente porque é difícil tocar em Portugal.. Hiphop é um estilo musical que tem publico, mas que os organizadores e promotores tem alguma dificuldade em abraçar.
E também porque tem haver com a minha personalidade, gosto de ser Low-Profile.

Como vez a evolução dos DJs em Portugal?
Evolução muito boa, já tens Djs a fazerem bons trabalhos da nova geração como DJ RIDE, SLIMCUTZ, DJ GLUE... e outros da velha escola como DJ CRUZFADER, DJ NEL'ASSASSIN, DJ KWAN...

A utilização de portáteis e softwares tem revolucionado o trabalho dos djs, continuas a usar vinil?
Uso também o Serato e vinil. Os novos softwares têm essa facilidade podes usar vinil e passar para formatos digitais num simples clicar de um botão.

Achas que o vinil ainda tem lugar?
Ha sempre raridades que só se encontra em vinil.. por isso, acho que tem lugar, cada vez é menos utilizado, mas vai-se manter vivo.

Hoje em dia és o homem por trás de muito que se faz em Portugal o que podemos contar para breve?
Estou concentrado agora na Footmovin', nos lançamentos Kacetado e Sir Scratch. E no próximo volume FNAC HIPHOP SERIES.

Como esta a venda de álbuns tugas na SóHipHop?
Tenho trabalhado nos discos NGA VS MADKUTZ round 2 e o novo HALLOWEEN "Arvore Kriminal". Tem corrido muito bem. O que prova que existe espaço e mercado para artistas novos e artistas originais.

A SóHipHop e mais que uma loja de álbuns o que mais tens por lá?
Vendemos tshirts. sweatshirts, vinis...www.sohiphop.com.pt

Não estas a pensar em criar um espaço físico?
Não.

HipHop Nation foi sem dúvida uma revista que marcou a história do Hip Hop Tuga, porque terminou?
A revista terminou porque era um projecto relacionado com a revista espanhola, eles é que mandavam, e acabaram de um dia para outro, acabou porque havia pouca publicidade na revista, já que as vendas não eram más.. entre 3500 a 4000.
Fiquei um pouco chateado porque nem deu para preparar um numero especial, nem para despedir... acabou assim sem mais nem menos.
Posso concluir que foram dois anos que demos visibilidade ao Hiphop nacional. As entrevistas e o cd foram um meio muito forte.

Como vez hoje em dia o estado do HipHop Tuga?
Um pouco estranho, mas também só esta nisto quem está por gosto e quem ama a cultura.
Acho que 2012 vai ser mais interessante.

Queres deixar uma mensagem para os seguidores do HipHopWeb?
Abraços e big up para todos.
Continuem a relatar e publicar noticias e entrevistas do Hiphop nacional.

Podem acompanhar o BomberJack a partir de footmovin' SoHipHop e Facebook

 

Partilhar
Google+